ANIMAIS AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO
   ANIMAIS DA REGIÃO AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO

Nas últimas décadas os recursos ambientais em nossa região vem sofrendo devastações catastróficas. Este fenômeno tem contribuído na ameaça de extinção de várias espécies, não só de vegetais mas também de animais.
Este BLOG foi construído para que os interessados dêem suas contribuições na discussão sobre o assunto. Gostaria de receber contribuições de PROFESSORES E ALUNOS.

ABAIXO RELACIONAMOS ALGUMAS ESPÉCIES AMEAÇADAS DE EXTINÇÃO

ARARA AZUL

Informações extraídas do texto de
Lúcia Helena Salvetti De Cicco
http://www.saudeanimal.com.br

Nome vulgar: ARARA AZUL
Família: Psittacidae
Nome científico: Anodorhynchus hyacinthinus
Distribuição: Interior do sul do Brasil, Maranhão, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás.
Habitat: Buritizais, matas ciliares e cerrado adjacente
Hábitos: Tem o vôo pesado, no entanto são capazes de descrever curvas fechadas
Longevidade: 30 a 40 anos
Nº de filhotes: Dois filhotes
Alimentação na natureza: Semente e frutas
Causas da extinção: Caça e Destruição do meio ambiente.

Obs.: A ARARINHA AZUL (Cyanopsitta spixii (cyano = azul escuro; psitta = psitacídeo) foi considerada extinta pelo IBAMA em 2002.

ABELHA JATAÍ

Nativa do Brasil, a abelha jataí é mansa, não tem ferrão e produz um mel suave e saboroso, com propriedades medicinais.
Informações extraídas do Texto de Maria Cristina Frota
http://revistagloborural.globo.com

A abelha jataí (Tetragonisca angustula) nativa do Brasil, é encontrada do Rio Grande do Sul até o México, com grande ocorrência na Região Centro-Oeste.
Seu mel, além de saboroso e suave, é bastante procurado por suas propriedades medicinais. É usado como fortificante e antiinflamatório, em particular dos olhos. Além do mel, a jataí produz própolis, cera e pólen de boa qualidade.
Visitam plantas cultivadas e fazem os ninhos em diferentes tipos de cavidades como as de tijolos, caixas de luz, cabaças, latas abandonadas, além de ocos de árvores vivas (pau-terra e croadinha) quando em ambientes mais naturais ou arborizados.

LOBO GUARÁ

Informações extraídas do texto de Lúcia Helena Salvetti De Cicco
www.saudeanimal.com.br
Projeto Lobo-Guará. (MMA)

Nome vulgar: LOBO GUARÁ
Família: Canidae
Nome científico: Chrysocyon brachyurus
Distribuição: Centro-Oeste do Brasil, Paraguai, Leste da Bolívia e Norte da Argentina
Habitat: Campos
Hábito: Crepuscular/noturno
Comportamento: Solitário
Alimentação na natureza: Pequenas cutias, pacas, aves, répteis, frutas (lobeira), mel, cana-de-açúcar, peixes, moluscos e insetos.
Causas da extinção: Caça e destruição do hábitat (desmatamentos).

TAMANDUÁ BANDEIRA

Informações extraídas do texto de Lucia Helena Salvetti De Cicco
http://www.saudeanimal.com.br

Nome vulgar: TAMANDUÁ-BANDEIRA
Família: Myrmecophagidae
Nome científico: Myrmecophaga tridactyla
Distribuição: Nos campos e cerrados da América Central e do Sul.
Habitat: Florestas, savanas e cerrados das Américas do Sul e Central.
Hábitos: Vive no chão, mas sobe bem nas árvores e é capaz de nadar. Come 30 mil insetos por dia.
Alimentação na natureza: Formigas, cupins e larvas.
Causas da extinção: Destruição do meio ambiente (queimadas, desmatamentos etc) e caçadores.

GATO MOURISCO

Informações extraídas do texto de Lucia Helena Salvetti De Cicco
http://www.saudeanimal.com.br

NOME COMUM: Gato Mourisco ou jaguarundi.
NOME CIENTÍFICO: Herpailurus yaguaroundi .
FILO: Chordata
FAMÍLIA: Felidae
CARACTERÍSTICAS: Comprimento - 55 a 77 cm, 40 cm de cauda
CAUSAS DA EXTINÇÃO: Destruição do meio ambiente e caça predatória.
O gato mourisco é mais ativo durante o começo e o fim do dia. Alimenta-se de todo o tipo de animal, desde que seja menor que ele, mas principalmente aves e roedores.

VEADO CATINGUEIRO

Informações extraídas do texto de Lúcia Helena Salvetti De Cicco
www.saudeanimal.com.br

Nome vulgar: VEADO CATINGUEIRO
Família: Cervidae
Nome científico: Mazama gouazoubira
Distribuição: Panamá, Colômbia, Venezuela, Peru, Argentina e Brasil
Habitat: Florestas tropicais
Hábito: Diurno e Noturno
Comportamento: Solitário
Alimentação na natureza: Folhas, brotos e gramínea.
Causas da extinção: Em extinção, devido à caça, ao tráfico de animais e desmatamentos.



C U R I O S I D A D E S S O B R E A N I M A I S

BESOURO RINOCERONTE

O mais forte de todos os animais - besouro rinoceronte - Ele vive na América do Sul é o mais forte de todos os animais. Este inseto surpreendente pode erguer oitocentas e cinqüenta vezes seu próprio peso. Se você fosse tão forte quanto este besouro, você poderia erguer três elefantes - um peso equivalente a 12 toneladas.

MUSARANHO PIGMEU

O Menor mamífero terrestre não-voador - Musaranho pigmeu (Suncus etruscus ) - O musaranho pigmeu tem apenas 1,5-2,5g., 60-80mm comprimento com a cauda) e pode ser encontrado em alguns países da Europa e África.

PULGA

O animal que pula mais alto - Pulga- A pulga é um dos maiores atletas de natureza. Este inseto pode saltar mais de trezentas vezes a altura do seu próprio corpo. Se você pudesse fazer isso, você poderia saltar do início ao fim de um campo de futebol americano em um único pulo.

ORNITORRINCO

Únicos mamíferos que botam ovos - O Ornitorrinco (Ornithorhynchus anatinus) e O Équidna Tachyglossus aculeatus) Cinco espécies de équidnas também da Austrália e da Nova Guiné fazem parte dos Seis das 4.237 espécies de mamíferos põem ovos.


 Escrito por MANOEL às 15h17
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 

HISTÓRICO
 14/11/2004 a 20/11/2004



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 saudeanimal
 Projeto lobo guará
 revistagloborural
 BLOG WWELTHEN
 blog maria de lurdes
 blog ivair
 bog colégio dom bosco
 blog claudinete


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!





O que é isto?